Mulher de funcionário da Suzano faz críticas preconceituosas ao Maranhão

Uma publicação preconceituosa contra a cultura e o povo maranhense gerou indignação neste domingo (1). Uma jovem que seria natural de Porto Alegre (RS) teria postado na própria página, em uma rede social, a felicidade de retornar para a terra natal após 1 ano e 7 meses, em Imperatriz (MA), na companhia do esposo que seria funcionário da empresa Suzano Papel e Celulose.

“A cultura do maranhense é horrível. O carnaval é um lixo ‘Tal de bomba meu boi, tambor de crioula’. A maioria das Mulheres são piriguetes e os Homens malandros. Mais da metade das pessoas são semi-analfabetos. #AmoMinhaCidade #Gramado RS”, declarou a mulher identificada apenas como Isabela Cardoso, sorrindo também da pobreza do Maranhão.

A assessoria da Suzano Papel e Celulose informou no início da noite deste domingo (01) que desconhece a jovem e que o caso foi encaminhado para o setor de Recursos Humanos. Pediu desculpas pelo ocorrido e destacou que trata-se de uma opinião particular que não é a mesma da empresa.

A jovem não foi localizada para comentar o assunto.

IDifusora 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *