Unificação das polícias: Hildo Rocha destaca aspectos relevantes da viagem de estudos à França e Itália

Em pronunciamento na tribuna da Câmara, o deputado federal Hildo Rocha (PMDB/MA) fez um breve relato acerca da viagem de trabalho à Itália e França com o objetivo de colher subsídios para embasar o relatório da Comissão Especial que estuda a PEC da unificação das polícias.
A comitiva composta por Hildo Rocha, pelo relator da comissão, deputado federal Vinicius Carvalho (PRB-SP) e pelo consultor da Câmara Federal, Eduardo Granzotto, especialista do Legislativo Federal em segurança pública, esteve em várias onde estão localizadas as principais escolas de formação continuada das policias e principais centros de operações policiais. 
“Foi uma viagem muito produtiva. Colhemos informações importantes; participamos de inúmeras atividades; conhecemos em detalhes os modelos de funcionamento das polícias; assistimos palestras e participamos de reuniões e grupos de discussão com diversos órgãos do sistema de segurança pública dos dois países”, destacou Rocha.
Relatório
Rocha enfatizou que nesta quarta-feira (07) os integrantes da viagem de estudos irão entregar à Comissão um minucioso relatório. “Iremos apresentar em detalhes os modelos de funcionamento das forças de segurança pública da Itália e da França e, com base no aprendizado que adquirimos durante a missão, vamos apresentar sugestões que poderão ser adotadas na PEC da unificação das polícias”, declarou Rocha.
Formação continuada

De acordo com o parlamentar, duas questões lhe chamaram a atenção: o treinamento e o envolvimento dos policiais com as comunidades, principalmente os jovens.
“No Brasil a maioria dos policiais recebe apenas o treinamento inicial. Sabemos que o aprimoramento adquirido no dia-a-dia, ao longo do exercício da atividade, é insuficiente para garantir que os policiais tenham o desempenho ideal. Assim, torna-se necessário que o estado ofereça capacitação adequada e permanente aos nossos agentes da segurança pública. Tanto na França como na Itália isso é praticado permanentemente”, disse o parlamentar.
Rocha destacou ainda que tanto na França quanto na Itália as autoridades promovem e estimulam o envolvimento dos jovens com a segurança pública.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *