TRAGÉDIA: Mulher comete suicídio ao ingerir ‘chumbinho’ em Caxias

CAXIAS – Ontem o bairro Fazendinha em Caxias foi marcado por uma notícia triste, Joelma Damasceno Oliveira cometeu suicídio na tarde do sábado (6), tirou a própria vida ao ingerir uma certa quantidade de “chumbinho” tipo de veneno utilizado como agrotóxico e também para matar ratos.
Joelma ainda chegou a ser socorrida por uma equipe médica do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) mas veio a óbito a caminho do hospital dentro da ambulância.
Segundo informações Joelma andava deprimida, e teria até declarado a depressão nas redes sociais, Joelma era casada e mãe de cinco filhos também estava grávida. Atualmente era congregada e recém chegada na igreja Presbiteriana do Brasil a aproximadamente 4 meses, por conta da tragédia o culto “Salmodiai” que iria ser realizado na igreja central da Presbiteriana localizada no centro foi cancelado, houve prantos por parte do pastor que acompanhava o dia a dia de Joelma, membros e amigos da igreja todos abalados com o acontecimento.
Alerta: 
O Chumbinho no Brasil é um produto clandestino, irregularmente utilizado como raticida. Não possui registro na Anvisa, nem em nenhum outro órgão de governo. A Anvisa afirma que a matéria prima para este produto vem de roubo de carga ou entrada ilegal de produtos químicos pela fronteira. Seu uso está relacionado intensamente a assassinatos, suicídios, e mortes por intoxicação acidental. Pessoas ou animais que ingerem o chumbinho sentem fortes dores, anseiam vômitos e também perdem o sistema imunológico, além de prejudicar células e tecidos

De: Atila Uchôa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *