Manicure é condenada a 15 pela morte marido em Açailândia

imagem Ilustrativa
Açailândia – Em sessão realizada no último dia 27 de maio, na 1ª Vara Criminal da Comarca de Açailândia, foi condenada a manicure Maria Alice Nunes Abreu, 38 anos, moradora do Bairro São Francisco. Contra Maria pesava a acusação de homicídio duplamente qualificado cometido contra seu marido, Ednaldo Ávila de Brito. A sessão foi conduzida pelo juiz Pedro Guimarães e a pena estabelecida foi de 15 anos de reclusão em regime inicialmente fechado.
Conforme consta na denúncia, no dia 09 de julho de 2008, Maria Alice, encontrava-se na sua residência, situada na Rua Safira, Vila São Francisco, juntamente com o seu marido, momento em que o irmão da acusada, Mariano Antonio Abreu Junior, chegou e amordaçou a vítima, carregando-a pra dentro de casa. Ednaldo não teve tempo de reagir à ação.
Os gritos teriam chamado a atenção de vizinhos que formaram uma aglomeração na porta e ameaçaram chamar a polícia. Maria Alice teria saído da residência e acalmado a vizinhança, que se dispersou. Em seguida, ela e o irmão levaram a vítima para um local deserto, onde a assassinaram e abandonaram o corpo.
CNJ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *