Em audiência pública com Ministro Paulo Guedes, Hildo Rocha lamenta volta da inflação e cobra investimento em habitação popular

Em Audiência Pública na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle (CFFC), que ouviu o Ministro da Economia, Paulo Guedes, o deputado federal Hildo Rocha lamentou a volta da inflação e cobrou investimentos em construção de casas para população de baixa renda.

“Lamento que a inflação volte a castigar o povo brasileiro. É incompreensível que o Brasil, um dos maiores produtores de alimentos do mundo, seja o país que durante a pandemia do Coronavírus, tenha registrado as maiores altas nos preços de alimentos, segundo estudos da Universidade de Oxford, da Inglaterra. Será que isso é consequência da política cambial equivocada?, questionou.

Hildo Rocha destacou que atualmente a população de baixa renda tem dificuldades até para comprar ovos. O parlamentar ressaltou que agora os produtores de ovos estão tendo dificuldade de manter os preços. “Isso afeta principalmente a parte mais pobre da população porque ovo é um alimento barato, mas em razão de diversos fatores, aumentou muito”, comentou.

População prejudicada

Hildo Rocha argumentou que o aumento da inflação preocupa, causa aflição, provoca sofrimento. Quais as possíveis causas do aumento dos custos de alimentos no Brasil? Com relação aos custos de produção de ovos, o parlamentar destacou que a soja brasileira, principal ingrediente utilizado na produção de ração aviária, atualmente é exportada.

“A falta de incentivos e, talvez, pela questão cambial, boa parte da produção está indo para o mercado externo por causa do preço do dólar. Não podemos negar que isso, em parte ,  é bom, entretanto, isso reflete nos custos da produção de ovos e, consequentemente, afeta a população, prejudica o povo brasileiro que passa a ter dificuldades para adquirir um produto que tradicionalmente é barato. Então eu lhe pergunto: o Ministério tem algum plano para tratar sobre esse assunto?, indagou o parlamentar.

Casas para população de baixa renda

Usando prerrogativas de presidente da Frente Parlamentar de Apoio à Habitação Popular, mais uma vez, Hildo Rocha cobrou investimentos no Programa Habitacional Casa Verde e Amarela. O deputado lamentou os cortes promovidos pelo governo no orçamento previsto para a construção de casas para população de baixa renda.

“Na  LDO deste ano constam apenas duas prioridades: Primeira Infância e Programa Habitacional Casa Verde e Amarela.  Mas, lamentavelmente boa parte dos recursos para habitação popular foram vetados. Então, eu gostaria de perguntar qual é, na sua concepção, Ministro, a melhor política habitacional para um país como o Brasil, onde milhares de famílias continuam vivendo debaixo de pontes, de viadutos, morando em locais insalubres, ou de favores em casa de parentes?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *