Deputado Hildo Rocha articula com governo, entidades, deputados, prefeitos e governadores, melhor forma de apoiar o transporte coletivo 

Indicado pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, para produzir uma proposta legislativa com o objetivo de apoiar o setor de transporte público urbano e semiurbano brasileiro, o deputado federal Hildo Rocha tem conversado com representantes de todos segmentos desse setor de serviços a fim de definir os melhores meios de colocar a proposta em prática. 

“Rodrigo Maia me deu a missão de construir uma proposta legislativa que venha proteger o cidadão brasileiro que utiliza os serviços de metrôs, ônibus, VLT, BRT e trens urbanos e semiurbanos. Mesmo tendo adotado como estratégia ouvir todos os interessados sobre o assunto, a tarefa não tem sido fácil”, disse Hildo Rocha.  

Em busca do consenso 

O parlamentar maranhense já realizou várias reuniões para tratar sobre o assunto com deputados, representantes dos governadores, lideranças empresariais e dos trabalhadores do setor, representantes dos prefeitos, representantes do governo federal e líderes de diversos partidos na Câmara dos Deputados. Ontem o deputado se reuniu mais uma vez com representantes do governo federal no Palácio do Planalto para discutir os pontos mais polêmicos da sua proposta.  

Acesse o link:https://youtu.be/6vBYFMQO9W8

“Algumas informações fundamentais para que eu possa construir uma solução eficaz para o setor de transporte público urbano quem tem são as prefeituras, os governos estaduais, as entidades ligadas ao setor, o governo federal e os colegas que atuam mais diretamente nessa área. Por isso estou ouvindo todos e juntando as propostas deles às minhas ideias. Estive no Palácio do Planalto, na última quarta-feira, com os representantes dos ministérios da Economia, do Desenvolvimento Regional, da Casa Civil e da Articulação Política para chegarmos a um acordo sobre alguns pontos polêmicos”, explicou o deputado. 

A sessão do Congresso Nacional que ocorreu na quarta-feira impediu a realização da sessão da Câmara dos Deputados na quarta-feira quando seria votado o projeto de lei, então na próxima semana o projeto deverá ser votado.  

De acordo com Hildo Rocha a proposta de sua autoria já poderia ter sido votada, pois os pontos que não estão consensuados são mínimos. “A proposta já está amadurecida, modifiquei alguns pontos extremamente polêmicos e o que ainda tem de controverso pode ser resolvido no plenário durante a votação. Acatei várias sugestões de colegas, dos prefeitos, das entidades e do governo federal. A proposta de minha autoria garante aos usuários de transporte público a manutenção dos serviços combinado com aumento de eficiência e modernização”, garante Hildo Rocha. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *