*Comunidade pede mais atenção para a saúde em Açailândia*

Em todos os bairros por onde Benjamim e Cláudio têm passado, a falta de atendimento nas UBS é a principal queixa

Na agenda de campanha, o candidato Benjamim Oliveira (DEM) e seu vice Claudio Queiroz têm priorizado o diálogo aberto com a comunidade. Diariamente, a dupla realiza entre cinco e dez reuniões com grupos de trabalhadores e moradores de diversos bairros.

Só na segunda-feira, 05, foram visitados o Assentamento Califórnia, Parque das nações, Bairro Laranjeiras, Pequiá de Baixo e Vila Ildemar. Já nesta terça-feira, a rotina de visitas começou pela Vila Maranhão e seguiu para o Bairro Flávio Dino, passando pela região do antigo matadouro.

Em todos os encontros, perguntas da comunidade e respostas dos candidatos com suas propostas dão o tom do projeto de gestão que o médico Benjamim pretende realizar a partir de 2021.

No Parque das Nações, bairro localizado nas proximidades da sede da Prefeitura, além da total ausência de infraestrutura, uma Unidade Básica de Saúde nunca utilizada foi citada pelos moradores durante visita na noite de segunda.

Além da UBS no Parque das Nações, nossa equipe de reportagem localizou outros três prédios construídos para abrigar serviços de saúde e que nunca foram utilizados, a exemplo da Vila Juscelino, onde a confeiteira Michele Moreira vive há oito anos e afirma nunca ter sido realizado nenhum atendimento. “Já reformaram esse prédio três vezes e nunca botaram pra funcionar. Tudo que precisamos aqui em termos de saúde e educação, temos que caminhar quilômetros pra conseguir atendimento”, denuncia.

No Distrito Industrial do Pequiá, embora a UBS esteja funcionando, a comunidade local reclama do número insuficiente de consultas, e falta de atendimento na área odontologia. “Até tem uma sala para o dentista, mas eles nunca vieram porque dizem que falta material”, comentou uma moradora que participou da reunião na noite de segunda.

 “Açailândia tem muitos desafios a superar. O cuidado com seus moradores é o principal. Entre as prioridades que as pessoas de todos os bairros têm falado, a saúde e emprego são os principais. Dói no coração ver prédios como as UBS e creches abandonados. Locais que poderiam estar servindo à população, estão assim, sucateados antes mesmo de serem inaugurados. É hora de darmos as mãos e atendermos esse clamor popular” afirmou o candidato ao antecipar que um de seus projetos é implantar rotina de consultas, exames e cirurgias eletivos.

“Nas UBS’s do Pequiá e Vila Ildemar, nossa intenção é disponibilizar atendimento diário com 12h de jornada e sem limite de consultas. Também vamos ofertar nesses locais coleta de sangue e exames de imagem como a ultrassonografia. Fazer levantamento de demanda e realizar mutirões de cirurgias, como a de catarata e hérnia. Não é difícil realizar esses serviços, basta organização”, concluiu. (Da Assessoria)

Legenda: Benjamim em conversa com moradores do Pequiá de Baixo, na segunda-feira, 05.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *