Com direito a pose, mulheres são presas por tráfico de drogas na cidade de Bacabal

Bacabal – O Serviço de Inteligência do 15º Batalhão da Polícia Militar prendeu um grupo de traficantes composto apenas por mulheres da mesma família, na cidade de Bacabal. A prisão ocorreu na segunda-feira (4), e os policiais encontraram mais de 100 cabeças de crack sob a cama do quarto da casa da líder do bando, Keila Regina Alves da Silva, de 35 anos, no bairro da Trizidela. Também foram detidas Keiliane Alves da Silva, de 18 anos, Ediane Moraes da Silva, de 19 anos, e apreendida uma adolescente, de 14 anos.
O cabo André, da Polícia Militar, disse que havia mais de três meses a polícia vinha monitorando os passos dessas traficantes. Além de o grupo comercializar drogas no bairro onde mora, é acusado de aplicar o terror em Bacabal com a prática de assalto e tentativas de homicídios.
Na segunda-feira, os policiais montaram uma campana nas proximidades da casa de Keila Regina e nesse ponto realizaram a abordagem. Na casa da traficante, foram encontrados crack, certa quantidade de maconha, seis celulares e um revólver calibre 38 municiado. As mulheres foram levadas para o 1º Distrito Policial de Bacabal, onde o delegado Carlos Alessandro de Assis lavrou o flagrante por formação de quadrilha e tráfico de drogas. A droga foi encaminhada para o Instituto de Criminalística (Icrim) em São Luís para ser periciado.
Ainda na segunda-feira, os policiais militares prenderam Ducivaldo dos Santos da Rocha, de 22 anos; Reginaldo Freitas da Costa, de 27 anos, e apreenderam um adolescente, de 15 anos, no povoado de Santa Luzia, nas proximidades de Lago Verde. Com o trio, foram encontrados 500 gramas de maconha prontas para a venda. Os três foram levados para a Delegacia Regional de Bacabal, onde serão tomadas as devidas providências.
Com informações de O Estado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *