Aluísio Sousa falou, “1 ano e de 2 meses enfrentando chuvas, pandemias, dilemas e polêmicas. Minhas ações a frente do executivo da cidade, me definem como homem público

Vou com tudo para esta campanha. Nesta eleição, ninguém vai ganhar de WO!”

Com pouco mais de 1 ano à frente do executivo de Açailândia, Aluísio Sousa têm enfrentado muitos desafios, dilemas, controvérsias e polêmicas em meio a seu jeito de administrar o erário que é do povo. 

Em plena campanha eleitoral, campanha esta, que ainda não definiu quem vai e quem fica, suas certezas diante das escolhas feitas (certezas que elevam sua condição de gestor), digo com relação ao vice que lhe acompanhará, Joaquim Ramos ou ProAgro, como queiram, torna Aluísio de fato e de direito, a primeira opção de voto junto aos cidadãos da cidade, para os cidadãos que olham para uma cidade no antes e no depois de Aluísio e que sabem, mensurar seus resultados, para os cidadãos que olham para cidade e percebem o quanto ela evoluiu neste curto período em que o atual gestor está frente da prefeitura, para o cidadão, que entende que seu voto será o voto do continuísmo, o voto que possibilitará dar continuidade ao belo trabalho que vem credenciando sua gestão como a mais eficiente nestes últimos 10 anos.

Aluísio Sousa, pode citar dezenas de ações pontuais que figuram como ações que impactam positivamente na vida dos cidadãos açailandenses, são elas: na saúde, podemos dizer que com ele, ela ficou mais humanizada e digna, com investimentos nas enfermarias (leitos mais confortáveis e centrais de ar), entre outras, nas UTI’s neonatais, leitos equipados e refrigerados, nas UTI’s adultos e mulher, leitos equipados com respiradores e boas acomodações, ou seja, uma mudança radical na infraestrutura dos hospitais e agora, com maternidade também. 

Vale lembrar, que Aluísio Sousa, abriu mão de investir em um todo, para salvar vidas em um momento decisivo de sua gestão, “Açailândia virou exemplo no estado e na região tocantina, no combate ao COVID-19, incluindo o hospital de campanha, que por sinal, foi muito bem administrado sob sua supervisão”. Durante todo período pandêmico, Aluísio, foi um gestor executivo mais do que atuante.

O atual prefeito foi mais pontual ainda, nas estruturas da cidade e na estruturação de alguns segmentos de seu governo, mais asfalto, Aluísio em tão pouco tempo, asfaltou e bloqueteou a cidade mais do que as gestões passadas (os dois últimos prefeitos) juntas, na distribuição de águas, mais de 10 poços perfurados, estruturados e hoje sanando problemas de distribuição de água na cidade (como exemplo, novo bacabal, nova Açailândia, entre outros), para se ter ideia, Aluísio em menos de 1 ano a frente do governo, deu mais água, e sanou quase que por definitivo os graves problemas de distribuição de águas na cidade, superando assim, gestões anteriores. Sem falar na recuperação das pontes e estradas vicinais das zonas rurais, pontes e ruas de toda Vila Ildemar, entre outras ações.

Um ser humano com humanidade no caráter
Aluísio Sousa é daqueles gestores que olha onde está, falo de sua condição de prefeito e do poder que lhe cabe como tal, jamais esqueceu dos estudantes, da cultura, do esporte (literalmente reformou todo o estádio municipal), enfim, creio está diante de um homem público que jamais fugiu da sua responsabilidade, e que sempre pautou o humano em detrimento a razão, ajuda todos, sem olhar a quem está ajudando. Seu maior dilema hoje, é ter que enfrentar polêmicas cotidianas na política, dentro de seu próprio grupo, assim ele encara tudo isso, “se eu for parar o que estou fazendo por nossa cidade, porcausa de fofocas, disse-me-disse, não vivo, não trabalho, não faço nada. Não me envergonho de falar sobre isso, quem tem que sentir vergonha é quem trai, quem menti, quem distorce o certo e a verdade, quanto a mim, estarei aqui para ajudar pessoas, pois acredito na humanidade que existe dentro de cada um de nós”. disse.
As conclusões sobre quem de fato é Aluísio Sousa como gestor, estão por toda cidade dividida pelo seu tempo à frente da prefeitura, seu saldo é positivo se olharmos por este prisma, quanto à sua escolha de caminhar promovendo dois vices, Aluísio Sousa diz, “um é de fato, o outro, é de honra!”
“De uma coisa eu tenho certeza, tudo que está sendo construído, é da vontade de Deus. Sem Deus, nós não somos ninguém…Não somos ninguém. A história que até aqui foi escrita, prova isso. Nós não planejamos Joaquim como vice…Foi Deus!”
Fonte: Atribuna

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *